Central de Atendimento (11) 3580-1000

Notícias

Vitória para os Técnicos em Edificações e Agrimensura

  • 20 de maio de 2021

Corregedoria Geral do TJSP atende solicitação do CRT-SP e inclui o TRT nas Normas Extrajudiciais da Corregedoria Geral da Justiça, contemplando os Técnicos em Edificações e Agrimensura

TRT: cartórios de registros de imóveis são notificados sobre a obrigatoriedade da emissão do documento

Desde o início da governança no Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP), a diretoria executiva não tem medido esforços para que os técnicos e suas atribuições profissionais sejam plenamente respeitadas em todos os setores socioeconômicos e órgãos da administração pública. Nos comunicados e tratativas junto à Corregedoria Geral do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP), foram três ofícios encaminhados a diferentes juízes corregedores e assessores solicitando divulgação e cumprimento da Lei nº 13.639/2018, incluindo nas Normas Extrajudiciais da Corregedoria Geral da Justiça aplicadas em todos os cartórios de registro de imóveis – capital e interior – o Termo de Responsabilidade Técnica (TRT), de maneira a contemplar os Técnicos em Edificações e Técnicos em Agrimensura e garantir o livre e pleno exercício da profissão.

A solicitação foi deferida pelo desembargador Ricardo Mair Anafe com publicação no Portal do Extrajudicial – serviço disponibilizado pelo TJSP para facilitar o repasse de informações das unidades extrajudiciais – fazendo referência ao TRT. Amparado pela Lei 13.639/2018 – artigos 17, 18 e 19 –, bem como pela Resolução CFT nº 055/2019, o TRT constitui documento obrigatório emitido pelo profissional técnico ou pessoa jurídica responsável, comprobatório da legalidade do serviço executado e que provê garantias, tanto para o executor como para a sociedade.

Com essa decisão os cartórios de registro de imóveis estão notificados sobre a obrigatoriedade de aceitação do TRT para execução de serviços técnicos. E, para garantir que as atribuições dos profissionais registrados sejam plenamente respeitadas, o CRT-SP permanece sempre atento a todos os editais de contratação pública, tomando as devidas providências em casos de descumprimento das determinações da corregedoria e da legislação vigente que ampara a profissão – Lei nº 13.639/2018 e o Decreto nº 90.922/1985, regulamentador da Lei nº 5.524/1968.

Últimas notícias

Evento: “Celebração pelos 45 Anos do Movimento dos Técnicos Industriais”

Além de resgatar a história do movimento e suas contribuições para o desenvolvimento econômico do país, evento terá palestras e debates com dados e perspectivas…
Ler mais...

34ª EXPO USIPA no Vale do Aço, em Ipatinga

Em Minas Gerais, CRT-SP prestigia uma das mais importantes exposições do país voltadas à divulgação e fomento de negócios e serviços no setor industrial (mais…)
Ler mais...

31ª Reunião do Fórum de Presidentes dos CRTs

Presidentes de oito conselhos regionais reúnem-se para discussão de pautas que convergem para a representatividade, respeito e valorização dos técnicos (mais…)
Ler mais...

Vitória para os Técnicos em Edificações e Agrimensura

  • 20 de maio de 2021

Corregedoria Geral do TJSP atende solicitação do CRT-SP e inclui o TRT nas Normas Extrajudiciais da Corregedoria Geral da Justiça, contemplando os Técnicos em Edificações e Agrimensura

TRT: cartórios de registros de imóveis são notificados sobre a obrigatoriedade da emissão do documento

Desde o início da governança no Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP), a diretoria executiva não tem medido esforços para que os técnicos e suas atribuições profissionais sejam plenamente respeitadas em todos os setores socioeconômicos e órgãos da administração pública. Nos comunicados e tratativas junto à Corregedoria Geral do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP), foram três ofícios encaminhados a diferentes juízes corregedores e assessores solicitando divulgação e cumprimento da Lei nº 13.639/2018, incluindo nas Normas Extrajudiciais da Corregedoria Geral da Justiça aplicadas em todos os cartórios de registro de imóveis – capital e interior – o Termo de Responsabilidade Técnica (TRT), de maneira a contemplar os Técnicos em Edificações e Técnicos em Agrimensura e garantir o livre e pleno exercício da profissão.

A solicitação foi deferida pelo desembargador Ricardo Mair Anafe com publicação no Portal do Extrajudicial – serviço disponibilizado pelo TJSP para facilitar o repasse de informações das unidades extrajudiciais – fazendo referência ao TRT. Amparado pela Lei 13.639/2018 – artigos 17, 18 e 19 –, bem como pela Resolução CFT nº 055/2019, o TRT constitui documento obrigatório emitido pelo profissional técnico ou pessoa jurídica responsável, comprobatório da legalidade do serviço executado e que provê garantias, tanto para o executor como para a sociedade.

Com essa decisão os cartórios de registro de imóveis estão notificados sobre a obrigatoriedade de aceitação do TRT para execução de serviços técnicos. E, para garantir que as atribuições dos profissionais registrados sejam plenamente respeitadas, o CRT-SP permanece sempre atento a todos os editais de contratação pública, tomando as devidas providências em casos de descumprimento das determinações da corregedoria e da legislação vigente que ampara a profissão – Lei nº 13.639/2018 e o Decreto nº 90.922/1985, regulamentador da Lei nº 5.524/1968.

Últimas notícias

Evento: “Celebração pelos 45 Anos do Movimento dos Técnicos Industriais”

Além de resgatar a história do movimento e suas contribuições para o desenvolvimento econômico do país, evento terá palestras e debates com dados e perspectivas…
Ler mais...

34ª EXPO USIPA no Vale do Aço, em Ipatinga

Em Minas Gerais, CRT-SP prestigia uma das mais importantes exposições do país voltadas à divulgação e fomento de negócios e serviços no setor industrial (mais…)
Ler mais...

31ª Reunião do Fórum de Presidentes dos CRTs

Presidentes de oito conselhos regionais reúnem-se para discussão de pautas que convergem para a representatividade, respeito e valorização dos técnicos (mais…)
Ler mais...