Central de Atendimento (11) 3580-1000

Notícias

Técnicos Industriais na linha de frente

  • 6 de maio de 2020

Técnicos em Eletrônica: seja nas atribuições convencionais ou no suporte técnico para o funcionamento do sistema de monitoramento, eles também estão na linha de frente no combate ao coronavírus

Técnicos em Eletrônica em atividades essenciais: infraestrutura eletrônica dos hospitais de campanha, manutenção de equipamentos, suporte ao monitoramento eletrônico, entre outras

A disseminação do coronavírus (COVID-19) tem mobilizado e alterado a rotina diária das administrações públicas, empresas, comércios, entidades; enfim, da sociedade em geral. Todas as medidas estão sendo tomadas, mas cabe a cada cidadão se conscientizar dos riscos de contaminação e seguir as orientações determinadas pelos órgãos de saúde. Além do que atuam no setor hospitalar, profissionais de várias classes também estão na linha de frente no combate à pandemia, com serviços que não podem ser paralisados. Os Técnicos em Eletrônica fazem parte desses grupos; afinal, entre as atribuições, são eles que atuam na instalação da infraestrutura eletrônica dos hospitais de campanha, do mesmo modo que realizam manutenção e conserto de equipamentos hospitalares, como respiradores mecânicos, monitores cardíacos e bombas de infusão.

E eles vão além. Por atuarem em empresas de instalação, manutenção, comercialização e utilização de equipamentos e sistemas eletrônicos, também colaboram no suporte técnico para o funcionamento do Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP) implantado pelo governo estadual com o apoio das operadoras de telefonia móvel, para apurar o percentual de isolamento social nos municípios com mais de 70 mil habitantes.

Se para alguns esse monitoramento viola o direito constitucional à privacidade individual e à Lei Geral de Proteção de Dados – Lei nº 13.709/2018 –, que deverá entrar em vigor em janeiro de 2021, o governador João Dória garante que não há acesso aos números dos celulares, mas apenas às localizações dos usuários. “O relatório do monitoramento vai apontar as cidades e regiões com mais ou menos adesão à quarentena para reforçar as campanhas de conscientização”, justificou oportunamente à imprensa, ressaltando a necessidade de redução da circulação nas ruas. Independente de questões de natureza jurídica, os Técnicos em Eletrônica continuam realizando suas atividades extremamente essenciais, com a devida segurança para não se autocontaminarem e não contaminarem aos outros.

Você que é Técnico em Eletrônica, saiba como encaminhar sua mensagem para o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP), de maneira a mostrar que também é um profissional que está na linha de frente no combate ao coronavírus. Acompanhe as opções:

1) Produza um vídeo de até um minuto com o próprio celular na posição horizontal;

2) Grave um depoimento em áudio;

3) Tire uma fotografia exercendo sua atividade.

Em seguida, compartilhe usando a #soutecnicoessencial nas redes sociais do CRT-SP – Facebook, Instagram ou LinkedIn – ou encaminhe para o e-mail institucional@crtsp.gov.br.

Últimas notícias

CRT-SP recebe visita de representantes da ABJICA

Diretor da entidade tinha manifestado interesse em conhecer o presidente, Gilberto Takao Sakamoto, por ocasião do 66° Congresso Estadual de Municípios (mais…)
Ler mais...

Reunião com secretário Edson Aparecido dos Santos

Secretário municipal priorizará o projeto que está sendo desenvolvido pela PRODAM-SP, o qual possibilitará aos técnicos a realização e aprovação de projetos junto à Secretaria…
Ler mais...

1º Congresso Nacional dos Conselhos de Fiscalização Profissional

CRT-SP recebe dois prêmios de excelência em congresso voltado a conselhos profissionais, em Brasília (mais…)
Ler mais...

Técnicos Industriais na linha de frente

  • 6 de maio de 2020

Técnicos em Eletrônica: seja nas atribuições convencionais ou no suporte técnico para o funcionamento do sistema de monitoramento, eles também estão na linha de frente no combate ao coronavírus

Técnicos em Eletrônica em atividades essenciais: infraestrutura eletrônica dos hospitais de campanha, manutenção de equipamentos, suporte ao monitoramento eletrônico, entre outras

A disseminação do coronavírus (COVID-19) tem mobilizado e alterado a rotina diária das administrações públicas, empresas, comércios, entidades; enfim, da sociedade em geral. Todas as medidas estão sendo tomadas, mas cabe a cada cidadão se conscientizar dos riscos de contaminação e seguir as orientações determinadas pelos órgãos de saúde. Além do que atuam no setor hospitalar, profissionais de várias classes também estão na linha de frente no combate à pandemia, com serviços que não podem ser paralisados. Os Técnicos em Eletrônica fazem parte desses grupos; afinal, entre as atribuições, são eles que atuam na instalação da infraestrutura eletrônica dos hospitais de campanha, do mesmo modo que realizam manutenção e conserto de equipamentos hospitalares, como respiradores mecânicos, monitores cardíacos e bombas de infusão.

E eles vão além. Por atuarem em empresas de instalação, manutenção, comercialização e utilização de equipamentos e sistemas eletrônicos, também colaboram no suporte técnico para o funcionamento do Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP) implantado pelo governo estadual com o apoio das operadoras de telefonia móvel, para apurar o percentual de isolamento social nos municípios com mais de 70 mil habitantes.

Se para alguns esse monitoramento viola o direito constitucional à privacidade individual e à Lei Geral de Proteção de Dados – Lei nº 13.709/2018 –, que deverá entrar em vigor em janeiro de 2021, o governador João Dória garante que não há acesso aos números dos celulares, mas apenas às localizações dos usuários. “O relatório do monitoramento vai apontar as cidades e regiões com mais ou menos adesão à quarentena para reforçar as campanhas de conscientização”, justificou oportunamente à imprensa, ressaltando a necessidade de redução da circulação nas ruas. Independente de questões de natureza jurídica, os Técnicos em Eletrônica continuam realizando suas atividades extremamente essenciais, com a devida segurança para não se autocontaminarem e não contaminarem aos outros.

Você que é Técnico em Eletrônica, saiba como encaminhar sua mensagem para o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP), de maneira a mostrar que também é um profissional que está na linha de frente no combate ao coronavírus. Acompanhe as opções:

1) Produza um vídeo de até um minuto com o próprio celular na posição horizontal;

2) Grave um depoimento em áudio;

3) Tire uma fotografia exercendo sua atividade.

Em seguida, compartilhe usando a #soutecnicoessencial nas redes sociais do CRT-SP – Facebook, Instagram ou LinkedIn – ou encaminhe para o e-mail institucional@crtsp.gov.br.

Últimas notícias

CRT-SP recebe visita de representantes da ABJICA

Diretor da entidade tinha manifestado interesse em conhecer o presidente, Gilberto Takao Sakamoto, por ocasião do 66° Congresso Estadual de Municípios (mais…)
Ler mais...

Reunião com secretário Edson Aparecido dos Santos

Secretário municipal priorizará o projeto que está sendo desenvolvido pela PRODAM-SP, o qual possibilitará aos técnicos a realização e aprovação de projetos junto à Secretaria…
Ler mais...

1º Congresso Nacional dos Conselhos de Fiscalização Profissional

CRT-SP recebe dois prêmios de excelência em congresso voltado a conselhos profissionais, em Brasília (mais…)
Ler mais...