Central de Atendimento (11) 3580-1000

Notícias

Série “Profissões Técnicas”: Técnico em Soldagem

  • 26 de junho de 2020

No passado a soldagem era realizada pelo aquecimento dos metais a serem fixados; na atualidade, são vários processos, desde manuais até robotizados

Série “Profissões Técnicas”: o que faz o Técnico em Soldagem?

Com a colaboração do professor Edilson Rafael Milaré, diretor da Escola SENAI Nadir Dias de Figueiredo em Osasco, o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP) apresenta mais uma modalidade na série “Profissões Técnicas”. Mas, afinal, o que faz o Técnico em Soldagem?

De forma bem resumida, soldagem – ou soldura – é o nome que se dá ao processo de unir metais, que se tornou mais fácil, rápido e eficaz com o uso da eletricidade; pois, nos primórdios do século 20 a soldagem era feita com o aquecimento das peças a serem consertadas, martelando-as até se fixarem adequadamente.

Um dos profissionais habilitados para essa atividade é o Técnico em Soldagem, que também pode planejar, operar e coordenar a execução de atividades de soldagem em estruturas metálicas e tubulações industriais, de acordo com a programação da produção.

É responsável ainda por executar a elaboração de projetos; selecionar processos de soldagem, metais de base e consumíveis; executar ensaios para garantir a qualidade dos produtos soldados e a automatização dos processos; calibrar equipamentos utilizando processos de soldagem e corte – manuais, semiautomáticos, automáticos/robotizados –, como eletrodos revestidos, TIG (Tungsten Inert Gas, em ingles), MIG MAG (Metal Inert Gas Metal Active Gas, em inglês), oxigás, arco submerso, brasagem e plasma, além de aplicar procedimentos de soldagem e inspecionar processos de fabricação.

Quanto ao campo de atuação, o Técnico em Soldagem tem possibilidade de trabalhar em indústria petrolífera, petroquímica, papel e celulose, metalúrgica, metalmecânica, indústria naval, construção civil, automobilística, indústria de transformação e caldeiraria.

Identificou-se com as características dessa profissão? Então, procure uma escola técnica e seja um profissional da área.

Últimas notícias

34ª EXPO USIPA no Vale do Aço, em Ipatinga

Em Minas Gerais, CRT-SP prestigia uma das mais importantes exposições do país voltadas à divulgação e fomento de negócios e serviços no setor industrial (mais…)
Ler mais...

31ª Reunião do Fórum de Presidentes dos CRTs

Presidentes de oito conselhos regionais reúnem-se para discussão de pautas que convergem para a representatividade, respeito e valorização dos técnicos (mais…)
Ler mais...

Inauguração da nova sede do CRT-04, em Florianópolis

CRT-SP é representando por Gilberto Takao Sakamoto e Rubens dos Santos, presidente e diretor de fiscalização e normas (mais…)
Ler mais...

Série “Profissões Técnicas”: Técnico em Soldagem

  • 26 de junho de 2020

No passado a soldagem era realizada pelo aquecimento dos metais a serem fixados; na atualidade, são vários processos, desde manuais até robotizados

Série “Profissões Técnicas”: o que faz o Técnico em Soldagem?

Com a colaboração do professor Edilson Rafael Milaré, diretor da Escola SENAI Nadir Dias de Figueiredo em Osasco, o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP) apresenta mais uma modalidade na série “Profissões Técnicas”. Mas, afinal, o que faz o Técnico em Soldagem?

De forma bem resumida, soldagem – ou soldura – é o nome que se dá ao processo de unir metais, que se tornou mais fácil, rápido e eficaz com o uso da eletricidade; pois, nos primórdios do século 20 a soldagem era feita com o aquecimento das peças a serem consertadas, martelando-as até se fixarem adequadamente.

Um dos profissionais habilitados para essa atividade é o Técnico em Soldagem, que também pode planejar, operar e coordenar a execução de atividades de soldagem em estruturas metálicas e tubulações industriais, de acordo com a programação da produção.

É responsável ainda por executar a elaboração de projetos; selecionar processos de soldagem, metais de base e consumíveis; executar ensaios para garantir a qualidade dos produtos soldados e a automatização dos processos; calibrar equipamentos utilizando processos de soldagem e corte – manuais, semiautomáticos, automáticos/robotizados –, como eletrodos revestidos, TIG (Tungsten Inert Gas, em ingles), MIG MAG (Metal Inert Gas Metal Active Gas, em inglês), oxigás, arco submerso, brasagem e plasma, além de aplicar procedimentos de soldagem e inspecionar processos de fabricação.

Quanto ao campo de atuação, o Técnico em Soldagem tem possibilidade de trabalhar em indústria petrolífera, petroquímica, papel e celulose, metalúrgica, metalmecânica, indústria naval, construção civil, automobilística, indústria de transformação e caldeiraria.

Identificou-se com as características dessa profissão? Então, procure uma escola técnica e seja um profissional da área.

Últimas notícias

34ª EXPO USIPA no Vale do Aço, em Ipatinga

Em Minas Gerais, CRT-SP prestigia uma das mais importantes exposições do país voltadas à divulgação e fomento de negócios e serviços no setor industrial (mais…)
Ler mais...

31ª Reunião do Fórum de Presidentes dos CRTs

Presidentes de oito conselhos regionais reúnem-se para discussão de pautas que convergem para a representatividade, respeito e valorização dos técnicos (mais…)
Ler mais...

Inauguração da nova sede do CRT-04, em Florianópolis

CRT-SP é representando por Gilberto Takao Sakamoto e Rubens dos Santos, presidente e diretor de fiscalização e normas (mais…)
Ler mais...