Central de Atendimento (11) 3580-1000

Notícias

Série “Profissões Técnicas”: Técnico em Manutenção de Aeronaves

  • 8 de maio de 2020

Saiba mais sobre os profissionais do setor, cujas habilitações são divididas em três áreas

Série “Profissões Técnicas”: o que faz o Técnico em Manutenção de Aeronaves?

Com contribuições do professor Rodrigo Lemes do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) de São Carlos, o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP) apresenta mais uma opção para quem tem interesse em se tornar um profissional do setor técnico.

O Técnico em Manutenção de Aeronaves é responsável por preparar, documentar e executar a manutenção de aeronaves, aplicando procedimentos expressos em manuais de fabricantes, publicações técnicas, e normas nacionais e internacionais do setor aeronáutico.

Suas habilitações são divididas em três áreas:

1) GMP (Grupo Motopropulsor): o profissional habilitado realiza todas as etapas da manutenção de aeronaves de acordo com os procedimentos expressos em manuais de fabricantes, publicações técnicas, e normas nacionais e internacionais do setor aeronáutico. Assim, está apto para realizar inspeção visual e diagnosticar as condições de operação dos diferentes tipos de motores; realizar manutenção e manter o grupo motopropulsor das aeronaves em condições de disponibilidade para o voo; e coordenar os processos de manutenção, testagem e regulagem de peças, componentes e sistemas do grupo motopropulsor.

2) CEL (Célula): além das habilitações preliminares descritas no grupo anterior, o profissional também está apto para realizar inspeção visual e diagnosticar as condições de operação das diferentes partes da aeronave; realizar manutenção em sistemas de trem de pouso, hidráulicos e pneumáticos, comando de voo e equipamentos interiores; manter a célula das aeronaves em condições de disponibilidade para o voo; coordenar tarefas de limpeza, lubrificação, pequenos reparos, desmontagem, montagem, substituição, testagem e regulagem de peças, equipamentos e sistemas.

3) AVI (Aviônicos): profissional responsável por preparar, documentar e executar a manutenção preventiva e corretiva dos sistemas elétricos e eletrônicos de navegação, comunicação, monitoramento e controle de aeronaves. Aplica também procedimentos expressos em manuais de fabricantes, publicações técnicas, e normas nacionais e internacionais do setor aeronáutico; diagnostica as condições dos instrumentos que compõem a aeronave; indica os processos de manutenção a serem executados na revisão de aeronaves e orienta o balizamento de aeronaves.

O Técnico em Manutenção de Aeronaves tem oportunidade de trabalhar em empresas aéreas e oficinas de manutenção aeronáuticas; forças armadas; indústrias de produtos aeronáuticos; montadoras de aeronaves; escolas e centros de instrução de aviação; empresas que prestam serviços aéreos especializados; aviação offshore – serviço aéreo especializado –; agrícola e outros.

Ficou interessado? Então, procure uma escola técnica e torne-se um profissional da área!

Últimas notícias

34ª EXPO USIPA no Vale do Aço, em Ipatinga

Em Minas Gerais, CRT-SP prestigia uma das mais importantes exposições do país voltadas à divulgação e fomento de negócios e serviços no setor industrial (mais…)
Ler mais...

31ª Reunião do Fórum de Presidentes dos CRTs

Presidentes de oito conselhos regionais reúnem-se para discussão de pautas que convergem para a representatividade, respeito e valorização dos técnicos (mais…)
Ler mais...

Inauguração da nova sede do CRT-04, em Florianópolis

CRT-SP é representando por Gilberto Takao Sakamoto e Rubens dos Santos, presidente e diretor de fiscalização e normas (mais…)
Ler mais...

Série “Profissões Técnicas”: Técnico em Manutenção de Aeronaves

  • 8 de maio de 2020

Saiba mais sobre os profissionais do setor, cujas habilitações são divididas em três áreas

Série “Profissões Técnicas”: o que faz o Técnico em Manutenção de Aeronaves?

Com contribuições do professor Rodrigo Lemes do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) de São Carlos, o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP) apresenta mais uma opção para quem tem interesse em se tornar um profissional do setor técnico.

O Técnico em Manutenção de Aeronaves é responsável por preparar, documentar e executar a manutenção de aeronaves, aplicando procedimentos expressos em manuais de fabricantes, publicações técnicas, e normas nacionais e internacionais do setor aeronáutico.

Suas habilitações são divididas em três áreas:

1) GMP (Grupo Motopropulsor): o profissional habilitado realiza todas as etapas da manutenção de aeronaves de acordo com os procedimentos expressos em manuais de fabricantes, publicações técnicas, e normas nacionais e internacionais do setor aeronáutico. Assim, está apto para realizar inspeção visual e diagnosticar as condições de operação dos diferentes tipos de motores; realizar manutenção e manter o grupo motopropulsor das aeronaves em condições de disponibilidade para o voo; e coordenar os processos de manutenção, testagem e regulagem de peças, componentes e sistemas do grupo motopropulsor.

2) CEL (Célula): além das habilitações preliminares descritas no grupo anterior, o profissional também está apto para realizar inspeção visual e diagnosticar as condições de operação das diferentes partes da aeronave; realizar manutenção em sistemas de trem de pouso, hidráulicos e pneumáticos, comando de voo e equipamentos interiores; manter a célula das aeronaves em condições de disponibilidade para o voo; coordenar tarefas de limpeza, lubrificação, pequenos reparos, desmontagem, montagem, substituição, testagem e regulagem de peças, equipamentos e sistemas.

3) AVI (Aviônicos): profissional responsável por preparar, documentar e executar a manutenção preventiva e corretiva dos sistemas elétricos e eletrônicos de navegação, comunicação, monitoramento e controle de aeronaves. Aplica também procedimentos expressos em manuais de fabricantes, publicações técnicas, e normas nacionais e internacionais do setor aeronáutico; diagnostica as condições dos instrumentos que compõem a aeronave; indica os processos de manutenção a serem executados na revisão de aeronaves e orienta o balizamento de aeronaves.

O Técnico em Manutenção de Aeronaves tem oportunidade de trabalhar em empresas aéreas e oficinas de manutenção aeronáuticas; forças armadas; indústrias de produtos aeronáuticos; montadoras de aeronaves; escolas e centros de instrução de aviação; empresas que prestam serviços aéreos especializados; aviação offshore – serviço aéreo especializado –; agrícola e outros.

Ficou interessado? Então, procure uma escola técnica e torne-se um profissional da área!

Últimas notícias

34ª EXPO USIPA no Vale do Aço, em Ipatinga

Em Minas Gerais, CRT-SP prestigia uma das mais importantes exposições do país voltadas à divulgação e fomento de negócios e serviços no setor industrial (mais…)
Ler mais...

31ª Reunião do Fórum de Presidentes dos CRTs

Presidentes de oito conselhos regionais reúnem-se para discussão de pautas que convergem para a representatividade, respeito e valorização dos técnicos (mais…)
Ler mais...

Inauguração da nova sede do CRT-04, em Florianópolis

CRT-SP é representando por Gilberto Takao Sakamoto e Rubens dos Santos, presidente e diretor de fiscalização e normas (mais…)
Ler mais...