Central de Atendimento (11) 3580-1000

Notícias

Para os técnicos, todo dia é “Dia do Trabalho”

  • 1 de maio de 2022

Celebrar sim, trabalhar sempre: CRT-SP contribui para a geração de mais oportunidades de emprego e renda na área técnica

Dia do Trabalho, comemorado em 1º de maio: simbolismo gigante, mas que necessita de ações práticas

No cenário econômico ainda conturbado pelo qual o mundo atravessa como consequência da pandemia de coronavírus (COVID-19), mais importante do que apenas comemorar o Dia do Trabalho é contribuir, direta ou indiretamente, para a geração de mais oportunidades de emprego e renda. Tal “papel” social cabe, naturalmente, às empresas, entidades de classe e aos próprios trabalhadores, informando, indicando, compartilhando. Nesse contexto, as redes sociais constituem uma ferramenta importante para conectar os profissionais em busca de colocação no mercado de trabalho com empresas contratantes.

Em se tratando das entidades e conselhos de classe, o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP) tem procurado fazer a sua parte; como na plataforma gratuita Técnico que Faz, desenvolvida para intermediar, de forma online, os técnicos prestadores de serviços com empresas, administradores de condomínios residenciais e comerciais, e a própria sociedade. “A plataforma Técnico que Faz é muito útil. Recebemos contatos de vários interessados, e com certeza voltaremos a utilizá-la quando tivermos disponibilidade para nossos serviços”, declarou, oportunamente, Karla Hellner, sócia-diretora da Hellner Corretagem Seguros [Revista Ser Técnico Industrial – Edição 03 – Dezembro/2021]

Outra atividade importante do CRT-SP tem sido colaborar com o Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) na elaboração de resoluções que disciplinam e dão clareza às atribuições de técnicos em diferentes modalidades; naturalmente, ampliar competências, com respaldo legal, fomenta a oferta de trabalho. “Com as resoluções, aliado à valorização dos técnicos perante a sociedade, estamos abrindo um leque de oportunidades de serviços; essa constatação se comprova com o aumento na emissão do Termo de Responsabilidade Técnica (TRT), documento obrigatório que o profissional deve apresentar ao executar qualquer serviço técnico”, explica Gilberto Takao Sakamoto, presidente do CRT-SP que, como integrante do Sistema CFT/CRT, colabora incisivamente por meio de atividades internas, advindas das comissões permanentes e grupos de trabalho.

Nesse dia importante do calendário – por que não dizer, mundial –, o CRT-SP parabeniza todos os trabalhadores do país; em especial os Técnicos Industriais, profissionais protagonistas de suas histórias, orgulhosos de sua profissão, prontos para novas oportunidades, merecedores de reconhecimento por suas conquistas e contribuições. Enfim, no contexto social o simbolismo do Dia do Trabalho é gigante; no entanto, faz-se necessário que as ações sejam incorporadas na prática e não focadas apenas na celebração.

Você sabe como surgiu o Dia do Trabalho?

No Brasil, o Dia do Trabalho foi oficialmente decretado em 1925 pelo presidente Artur Bernardes

Basta uma rápida pesquisa na internet para descobriu como surgiu o Dia do Trabalho, comemorado em 1º de maio. Foi em 1886, quando trabalhadores americanos organizaram uma paralização em protesto contra as condições subumanas a quem eram submetidos e para reivindicar redução da carga horária de trabalho; relatos dão conta que houve repressões, prisões, pessoas feridas e até mortes nos confrontes desencadeados entre operários e policiais. Fato, no entanto, é que aquela semente “plantada” em Chicago, fruto de movimentos trabalhistas resultantes da precarização do trabalho após a Revolução Industrial, germinou e se espalhou pelo mundo, tornando uma celebração praticamente universal, apesar de alguns países comemorarem em dias diferentes.

No Brasil, a data foi oficialmente decretada em 1925 pelo presidente Artur Bernardes. No entanto, na Era Vargas o movimento desencadeou de vez, sobretudo pelas medidas governistas de proteção ao trabalhador; Getúlio Vargas sancionava, então, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) assinando o Decreto-Lei nº 5.452. Quando? Em 1º de maio de 1943. História à parte, que todos reflitam sobre sua importância na conjuntura social e no desenvolvimento do Brasil, um país de imensuráveis riquezas e oportunidades aos que, efetivamente, trabalham e acreditam no progresso.

Últimas notícias

Encontro Nacional de Capacitação para Alta Administração

Funcionários do CRT-SP participam de curso aplicado pela SILP Eventos e Treinamentos, em Brasília (mais…)
Ler mais...

CRT-SP: anuidade 2024

Desconto de 10% para o pagamento integral da anuidade até o dia 29 de fevereiro de 2024 (mais…)
Ler mais...

Reunião com Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo

Em pauta: tratativas e esclarecimentos sobre as atribuições legais dos profissionais técnicos na elaboração e execução de projetos de combate a incêndio (mais…)
Ler mais...

Para os técnicos, todo dia é “Dia do Trabalho”

  • 1 de maio de 2022

Celebrar sim, trabalhar sempre: CRT-SP contribui para a geração de mais oportunidades de emprego e renda na área técnica

Dia do Trabalho, comemorado em 1º de maio: simbolismo gigante, mas que necessita de ações práticas

No cenário econômico ainda conturbado pelo qual o mundo atravessa como consequência da pandemia de coronavírus (COVID-19), mais importante do que apenas comemorar o Dia do Trabalho é contribuir, direta ou indiretamente, para a geração de mais oportunidades de emprego e renda. Tal “papel” social cabe, naturalmente, às empresas, entidades de classe e aos próprios trabalhadores, informando, indicando, compartilhando. Nesse contexto, as redes sociais constituem uma ferramenta importante para conectar os profissionais em busca de colocação no mercado de trabalho com empresas contratantes.

Em se tratando das entidades e conselhos de classe, o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP) tem procurado fazer a sua parte; como na plataforma gratuita Técnico que Faz, desenvolvida para intermediar, de forma online, os técnicos prestadores de serviços com empresas, administradores de condomínios residenciais e comerciais, e a própria sociedade. “A plataforma Técnico que Faz é muito útil. Recebemos contatos de vários interessados, e com certeza voltaremos a utilizá-la quando tivermos disponibilidade para nossos serviços”, declarou, oportunamente, Karla Hellner, sócia-diretora da Hellner Corretagem Seguros [Revista Ser Técnico Industrial – Edição 03 – Dezembro/2021]

Outra atividade importante do CRT-SP tem sido colaborar com o Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) na elaboração de resoluções que disciplinam e dão clareza às atribuições de técnicos em diferentes modalidades; naturalmente, ampliar competências, com respaldo legal, fomenta a oferta de trabalho. “Com as resoluções, aliado à valorização dos técnicos perante a sociedade, estamos abrindo um leque de oportunidades de serviços; essa constatação se comprova com o aumento na emissão do Termo de Responsabilidade Técnica (TRT), documento obrigatório que o profissional deve apresentar ao executar qualquer serviço técnico”, explica Gilberto Takao Sakamoto, presidente do CRT-SP que, como integrante do Sistema CFT/CRT, colabora incisivamente por meio de atividades internas, advindas das comissões permanentes e grupos de trabalho.

Nesse dia importante do calendário – por que não dizer, mundial –, o CRT-SP parabeniza todos os trabalhadores do país; em especial os Técnicos Industriais, profissionais protagonistas de suas histórias, orgulhosos de sua profissão, prontos para novas oportunidades, merecedores de reconhecimento por suas conquistas e contribuições. Enfim, no contexto social o simbolismo do Dia do Trabalho é gigante; no entanto, faz-se necessário que as ações sejam incorporadas na prática e não focadas apenas na celebração.

Você sabe como surgiu o Dia do Trabalho?

No Brasil, o Dia do Trabalho foi oficialmente decretado em 1925 pelo presidente Artur Bernardes

Basta uma rápida pesquisa na internet para descobriu como surgiu o Dia do Trabalho, comemorado em 1º de maio. Foi em 1886, quando trabalhadores americanos organizaram uma paralização em protesto contra as condições subumanas a quem eram submetidos e para reivindicar redução da carga horária de trabalho; relatos dão conta que houve repressões, prisões, pessoas feridas e até mortes nos confrontes desencadeados entre operários e policiais. Fato, no entanto, é que aquela semente “plantada” em Chicago, fruto de movimentos trabalhistas resultantes da precarização do trabalho após a Revolução Industrial, germinou e se espalhou pelo mundo, tornando uma celebração praticamente universal, apesar de alguns países comemorarem em dias diferentes.

No Brasil, a data foi oficialmente decretada em 1925 pelo presidente Artur Bernardes. No entanto, na Era Vargas o movimento desencadeou de vez, sobretudo pelas medidas governistas de proteção ao trabalhador; Getúlio Vargas sancionava, então, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) assinando o Decreto-Lei nº 5.452. Quando? Em 1º de maio de 1943. História à parte, que todos reflitam sobre sua importância na conjuntura social e no desenvolvimento do Brasil, um país de imensuráveis riquezas e oportunidades aos que, efetivamente, trabalham e acreditam no progresso.

Últimas notícias

Encontro Nacional de Capacitação para Alta Administração

Funcionários do CRT-SP participam de curso aplicado pela SILP Eventos e Treinamentos, em Brasília (mais…)
Ler mais...

CRT-SP: anuidade 2024

Desconto de 10% para o pagamento integral da anuidade até o dia 29 de fevereiro de 2024 (mais…)
Ler mais...

Reunião com Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo

Em pauta: tratativas e esclarecimentos sobre as atribuições legais dos profissionais técnicos na elaboração e execução de projetos de combate a incêndio (mais…)
Ler mais...