Central de Atendimento (11) 3580-1000

Notícias

Investimento em tecnologia: transparência e prestação de contas

  • 20 de janeiro de 2022

Com investimento em tecnologia, Sistema CFT/CRT busca ampliar mecanismos de transparência para facilitar a prestação de contas ao TCU; cuidado, também, com o tratamento de dados pessoais

Bernardino José Gomes: diretor de fiscalização e normas do CFT

De acordo com Bernardino José Gomes, diretor de fiscalização e normas do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT), com investimentos em tecnologia o Sistema de Informação dos Conselhos dos Técnicos Industriais (SINCETI) já está adaptado para melhor atender às exigências do Tribunal de Contas da União (TCU). Foram disponibilizadas novas ferramentas que ampliam a transparência e fortalecem os mecanismos de prestação de contas à sociedade; e, entre as inovações, destaque para a emissão de relatórios de gestão.

O TCU também avalia a adequação das entidades da administração pública à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) – Lei nº 13.709/2018, alterada pela Lei nº 13.853/2019 –, que dispõe sobre o tratamento de dados pessoais com o intuito de proteger os direitos fundamentais de liberdade e privacidade. Para Bernardino José Gomes, o tratamento de dados também cumpre as recomendações e fortalece o controle social sobre a autarquia federal, que representa mais de 650 mil profissionais técnicos. Em breve será concluída a migração do Sistema Gestor de Demandas (SGD) – que visa dinamizar o atendimento e a comunicação no Sistema CFT/CRT – para servidores físicos do CFT; migração essa, segundo o próprio diretor de fiscalização e normas, necessária para ampliar a segurança das informações antes da implantação do Sistema de Dados dos Técnicos Industriais (SDTI).

Para constar, somente em 2021 o Sistema CFT/CRT realizou mais de 22 mil ações de fiscalização, especialmente de caráter orientativo e preventivo. “A fiscalização deve ser sempre educativa e não apenas punitiva, como a maioria das pessoas tem no imaginário”, reforça.

Últimas notícias

CRT-SP: 58ª Sessão Plenária Ordinária

Destaque para a aprovação da Prestação de Contas Contábil com Análise do Balancete de Dezembro e do Exercício 2023, e da Prestação de Contas na…
Ler mais...

Curso de Especialização em Segurança contra Incêndio para Técnicos

Inscrições a partir de 27 de fevereiro de 2024 até completarem as 80 vagas disponíveis (mais…)
Ler mais...

Café com Síndico: “O Evento do Síndico Conectado”

Com direito à palestra institucional ministrada pelo diretor administrativo, CRT-SP participa de mais uma edição do Café com Síndico, em São Carlos (mais…)
Ler mais...

Investimento em tecnologia: transparência e prestação de contas

  • 20 de janeiro de 2022

Com investimento em tecnologia, Sistema CFT/CRT busca ampliar mecanismos de transparência para facilitar a prestação de contas ao TCU; cuidado, também, com o tratamento de dados pessoais

Bernardino José Gomes: diretor de fiscalização e normas do CFT

De acordo com Bernardino José Gomes, diretor de fiscalização e normas do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT), com investimentos em tecnologia o Sistema de Informação dos Conselhos dos Técnicos Industriais (SINCETI) já está adaptado para melhor atender às exigências do Tribunal de Contas da União (TCU). Foram disponibilizadas novas ferramentas que ampliam a transparência e fortalecem os mecanismos de prestação de contas à sociedade; e, entre as inovações, destaque para a emissão de relatórios de gestão.

O TCU também avalia a adequação das entidades da administração pública à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) – Lei nº 13.709/2018, alterada pela Lei nº 13.853/2019 –, que dispõe sobre o tratamento de dados pessoais com o intuito de proteger os direitos fundamentais de liberdade e privacidade. Para Bernardino José Gomes, o tratamento de dados também cumpre as recomendações e fortalece o controle social sobre a autarquia federal, que representa mais de 650 mil profissionais técnicos. Em breve será concluída a migração do Sistema Gestor de Demandas (SGD) – que visa dinamizar o atendimento e a comunicação no Sistema CFT/CRT – para servidores físicos do CFT; migração essa, segundo o próprio diretor de fiscalização e normas, necessária para ampliar a segurança das informações antes da implantação do Sistema de Dados dos Técnicos Industriais (SDTI).

Para constar, somente em 2021 o Sistema CFT/CRT realizou mais de 22 mil ações de fiscalização, especialmente de caráter orientativo e preventivo. “A fiscalização deve ser sempre educativa e não apenas punitiva, como a maioria das pessoas tem no imaginário”, reforça.

Últimas notícias

CRT-SP: 58ª Sessão Plenária Ordinária

Destaque para a aprovação da Prestação de Contas Contábil com Análise do Balancete de Dezembro e do Exercício 2023, e da Prestação de Contas na…
Ler mais...

Curso de Especialização em Segurança contra Incêndio para Técnicos

Inscrições a partir de 27 de fevereiro de 2024 até completarem as 80 vagas disponíveis (mais…)
Ler mais...

Café com Síndico: “O Evento do Síndico Conectado”

Com direito à palestra institucional ministrada pelo diretor administrativo, CRT-SP participa de mais uma edição do Café com Síndico, em São Carlos (mais…)
Ler mais...