Central de Atendimento (11) 3580-1000

Notícias

Divulgação de projeto para o ensino técnico ganha apoio da Secretaria de Educação e Cidadania de São José dos Campos

  • 4 de março de 2024

CRT-SP reúne-se com o secretário Jhonis Santos, autoridades educacionais e lideranças da administração municipal de São José dos Campos, para tratativas prévias e apoio ao Projeto Divulga Técnico

Projeto de fomento ao ensino técnico pauta reunião do CRT-SP na Secretaria de Educação e Cidadania de São José dos Campos

Representantes do Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP) participaram, no dia 29 de fevereiro de 2024, de uma reunião na Secretaria de Educação e Cidadania de São José dos Campos, com o secretário municipal Jhonis Santos, autoridades educacionais e lideranças da administração local: Ruth Zorneta, diretora do Colégio de Educação Profissional Hélio Augusto de Souza (CEPHAS), em nome da presidência da Fundação Hélio Augusto de Souza (FUNDHAS); Alexsey Rodrigues Neves e Leonor Amélia Freitas Rodrigues, respectivamente diretor de qualificação social e profissional e chefe de qualificação, da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico; e o chefe de gabinete, Paulo Martins, também da Secretaria de Educação e Cidadania, representando o secretário adjunto Márcio Catalani.

O objetivo da reunião é apresentar previamente e solicitar apoio junto às escolas da rede municipal para a execução do Projeto Divulga Técnico em São José dos Campos, que visa levar ao conhecimento dos alunos das escolas públicas as vantagens de se matricularem em cursos técnicos regulares, seja integrado, concomitante ou subsequente ao ensino médio. Para tanto, o CRT-SP busca um espaço adequado, cedido pela Secretaria da Educação e Cidadania, para a realização do evento no mês de abril, bem como auxílio no contato com as escolas da rede municipal de maneira a atrair e impactar o maior número possível de alunos.

Gilberto Takao Sakamoto: “Na verdade, eles [alunos] não têm conhecimento ou noção do que fazer após o curso técnico e nós, como conselho, podemos orientá-los”

Inicialmente, Gilberto Takao Sakamoto falou objetivamente sobre a criação do conselho, órgão que representa os profissionais formados pelas escolas técnicas, com a responsabilidade de registrar, orientar e fiscalizar a atividade; e caso necessário, julgar eventuais irregularidades no exercício da profissão. Trouxe também números atualizados de profissionais registrados – aproximadamente 138 mil, divididos em mais de 90 modalidades – e de empresas – cerca de 5 mil –; e explanou sobre as atribuições dos técnicos, que podem trabalhar como funcionários contratados ou profissionais liberais, cujo registro e responsabilidade técnica sobre os serviços executados propiciam mais segurança à sociedade. E antes da apresentação do projeto propriamente dito, mencionou sobre os escritórios regionais já em pleno funcionamento – inclusive, no Vale do Paraíba – e a instalação do Espaço CRT-SP de Inovação no Parque de Inovação Tecnológica São José dos Campos (PIT SJC), com o objetivo de capacitar técnicos, gerar novas oportunidades e incentivar alunos de escolas técnicas a desenvolverem projetos que impulsionem o setor técnico e tecnológico, a partir de parcerias com empresas que empregam ferramentas e tecnologia de ponta. “Quando explicamos que os formandos podem ser responsáveis técnicos e empreendedores, os alunos se mostram muito interessados; na verdade, eles não têm conhecimento ou noção do que fazer após o curso técnico e nós, como conselho, podemos orientá-los”, pontua o presidente.

 

Projeto Divulga Técnico – Pela explanação da gerente de novos projetos e inovação, Fabiana Herculano Moraes, um projeto piloto foi testado com sucesso nos meses de novembro e dezembro, com o apoio do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) de Campos do Jordão; na ocasião, todas as vagas ofertadas pela instituição foram rapidamente preenchidas. “Nossos esforços são sempre para garantir que o profissional técnico tenha mais oportunidades de trabalho, fomentando assim o desenvolvimento econômico”, inicia, destacando a preocupação do conselho com a igualdade de gênero e citando a plataforma Técnico que Faz, desenvolvida no sentido de aproximar os técnicos das empresas e da sociedade em geral, que necessita de serviços com responsabilidade e segurança. “Entendemos que é o momento de somar esforços com as escolas técnicas, para falar ao aluno do fundamental e do ensino médio sobre as vantagens dos cursos técnicos; é um projeto muito calcado no argumento de mostrar ao jovem que ele pode sair na frente no mercado de trabalho formal”, explica, apresentando um protótipo do projeto em forma de cartilha e expondo ideias quanto à realização de um evento presencial mais amplo em São José dos Campos.

Interessado e solícito, Jhonis Santos citou alguns espaços que podem ser utilizados, ficando sob análise se o apoio da prefeitura e das secretarias será no sentido de contribuir na execução ou apenas na divulgação do projeto, considerando também certas restrições por se tratar de ano eleitoral. “Uma das vantagens de estamos juntos no evento é que conseguimos potencializar algumas questões, como atrair um bom número de alunos com a cabeça voltada a projetos futuros; diferente do que chegar nas escolas aleatoriamente e falar com alguns sem muita aderência com o conteúdo”, ressalva o secretário. “Vai cumprir o papel da divulgação, mas penso que não seja uma comunicação muito assertiva pensando em resultados”, complementa.

Os envolvidos deixaram a reunião animados e convictos de que São José dos Campos terá o Projeto Divulga Técnico no mês de abril, dependendo apenas de formalidades quanto à cessão do espaço por parte da Secretaria de Educação e Cidadania, oficialização da data, programação e questões envolvendo a participação da administração municipal como parceira na execução ou auxiliadora na divulgação.

Reunião produtiva do CRT-SP na Secretaria de Educação e Cidadania de São José dos Campos

Pelo CRT-SP, além de Gilberto Takao Sakamoto e Fabiana Herculano Moraes, também participaram da reunião o gerente de departamento técnico, Rubens de Campos, que explicou, em sua área de atuação – telecomunicações – que os técnicos registrados têm atribuições legais de responsabilidade por até dez provedores de internet, com carteiras até 5 mil acessos por empresa; e o gerente de comunicação e transparência, José Donizetti Morbidelli, responsável pelo registro fotográfico e elaboração da matéria.

Texto: JD Morbidelli

 

Últimas notícias

Inauguração da nova sede do CRT-04, em Florianópolis

CRT-SP é representando por Gilberto Takao Sakamoto e Rubens dos Santos, presidente e diretor de fiscalização e normas (mais…)
Ler mais...

Nova reunião na PRODAM-SP

CRT-SP e PRODAM-SP dão mais um passo importante para equacionar um problema enfrentado pelos técnicos (mais…)
Ler mais...

Se tem serviços em condomínio, chame um técnico

Com qualidade, segurança e emissão do TRT, profissionais técnicos habilitados podem executar legalmente a grande maioria dos serviços em condomínios residenciais e comerciais (mais…)
Ler mais...

Divulgação de projeto para o ensino técnico ganha apoio da Secretaria de Educação e Cidadania de São José dos Campos

  • 4 de março de 2024

CRT-SP reúne-se com o secretário Jhonis Santos, autoridades educacionais e lideranças da administração municipal de São José dos Campos, para tratativas prévias e apoio ao Projeto Divulga Técnico

Projeto de fomento ao ensino técnico pauta reunião do CRT-SP na Secretaria de Educação e Cidadania de São José dos Campos

Representantes do Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT-SP) participaram, no dia 29 de fevereiro de 2024, de uma reunião na Secretaria de Educação e Cidadania de São José dos Campos, com o secretário municipal Jhonis Santos, autoridades educacionais e lideranças da administração local: Ruth Zorneta, diretora do Colégio de Educação Profissional Hélio Augusto de Souza (CEPHAS), em nome da presidência da Fundação Hélio Augusto de Souza (FUNDHAS); Alexsey Rodrigues Neves e Leonor Amélia Freitas Rodrigues, respectivamente diretor de qualificação social e profissional e chefe de qualificação, da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico; e o chefe de gabinete, Paulo Martins, também da Secretaria de Educação e Cidadania, representando o secretário adjunto Márcio Catalani.

O objetivo da reunião é apresentar previamente e solicitar apoio junto às escolas da rede municipal para a execução do Projeto Divulga Técnico em São José dos Campos, que visa levar ao conhecimento dos alunos das escolas públicas as vantagens de se matricularem em cursos técnicos regulares, seja integrado, concomitante ou subsequente ao ensino médio. Para tanto, o CRT-SP busca um espaço adequado, cedido pela Secretaria da Educação e Cidadania, para a realização do evento no mês de abril, bem como auxílio no contato com as escolas da rede municipal de maneira a atrair e impactar o maior número possível de alunos.

Gilberto Takao Sakamoto: “Na verdade, eles [alunos] não têm conhecimento ou noção do que fazer após o curso técnico e nós, como conselho, podemos orientá-los”

Inicialmente, Gilberto Takao Sakamoto falou objetivamente sobre a criação do conselho, órgão que representa os profissionais formados pelas escolas técnicas, com a responsabilidade de registrar, orientar e fiscalizar a atividade; e caso necessário, julgar eventuais irregularidades no exercício da profissão. Trouxe também números atualizados de profissionais registrados – aproximadamente 138 mil, divididos em mais de 90 modalidades – e de empresas – cerca de 5 mil –; e explanou sobre as atribuições dos técnicos, que podem trabalhar como funcionários contratados ou profissionais liberais, cujo registro e responsabilidade técnica sobre os serviços executados propiciam mais segurança à sociedade. E antes da apresentação do projeto propriamente dito, mencionou sobre os escritórios regionais já em pleno funcionamento – inclusive, no Vale do Paraíba – e a instalação do Espaço CRT-SP de Inovação no Parque de Inovação Tecnológica São José dos Campos (PIT SJC), com o objetivo de capacitar técnicos, gerar novas oportunidades e incentivar alunos de escolas técnicas a desenvolverem projetos que impulsionem o setor técnico e tecnológico, a partir de parcerias com empresas que empregam ferramentas e tecnologia de ponta. “Quando explicamos que os formandos podem ser responsáveis técnicos e empreendedores, os alunos se mostram muito interessados; na verdade, eles não têm conhecimento ou noção do que fazer após o curso técnico e nós, como conselho, podemos orientá-los”, pontua o presidente.

 

Projeto Divulga Técnico – Pela explanação da gerente de novos projetos e inovação, Fabiana Herculano Moraes, um projeto piloto foi testado com sucesso nos meses de novembro e dezembro, com o apoio do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) de Campos do Jordão; na ocasião, todas as vagas ofertadas pela instituição foram rapidamente preenchidas. “Nossos esforços são sempre para garantir que o profissional técnico tenha mais oportunidades de trabalho, fomentando assim o desenvolvimento econômico”, inicia, destacando a preocupação do conselho com a igualdade de gênero e citando a plataforma Técnico que Faz, desenvolvida no sentido de aproximar os técnicos das empresas e da sociedade em geral, que necessita de serviços com responsabilidade e segurança. “Entendemos que é o momento de somar esforços com as escolas técnicas, para falar ao aluno do fundamental e do ensino médio sobre as vantagens dos cursos técnicos; é um projeto muito calcado no argumento de mostrar ao jovem que ele pode sair na frente no mercado de trabalho formal”, explica, apresentando um protótipo do projeto em forma de cartilha e expondo ideias quanto à realização de um evento presencial mais amplo em São José dos Campos.

Interessado e solícito, Jhonis Santos citou alguns espaços que podem ser utilizados, ficando sob análise se o apoio da prefeitura e das secretarias será no sentido de contribuir na execução ou apenas na divulgação do projeto, considerando também certas restrições por se tratar de ano eleitoral. “Uma das vantagens de estamos juntos no evento é que conseguimos potencializar algumas questões, como atrair um bom número de alunos com a cabeça voltada a projetos futuros; diferente do que chegar nas escolas aleatoriamente e falar com alguns sem muita aderência com o conteúdo”, ressalva o secretário. “Vai cumprir o papel da divulgação, mas penso que não seja uma comunicação muito assertiva pensando em resultados”, complementa.

Os envolvidos deixaram a reunião animados e convictos de que São José dos Campos terá o Projeto Divulga Técnico no mês de abril, dependendo apenas de formalidades quanto à cessão do espaço por parte da Secretaria de Educação e Cidadania, oficialização da data, programação e questões envolvendo a participação da administração municipal como parceira na execução ou auxiliadora na divulgação.

Reunião produtiva do CRT-SP na Secretaria de Educação e Cidadania de São José dos Campos

Pelo CRT-SP, além de Gilberto Takao Sakamoto e Fabiana Herculano Moraes, também participaram da reunião o gerente de departamento técnico, Rubens de Campos, que explicou, em sua área de atuação – telecomunicações – que os técnicos registrados têm atribuições legais de responsabilidade por até dez provedores de internet, com carteiras até 5 mil acessos por empresa; e o gerente de comunicação e transparência, José Donizetti Morbidelli, responsável pelo registro fotográfico e elaboração da matéria.

Texto: JD Morbidelli

 

Últimas notícias

Inauguração da nova sede do CRT-04, em Florianópolis

CRT-SP é representando por Gilberto Takao Sakamoto e Rubens dos Santos, presidente e diretor de fiscalização e normas (mais…)
Ler mais...

Nova reunião na PRODAM-SP

CRT-SP e PRODAM-SP dão mais um passo importante para equacionar um problema enfrentado pelos técnicos (mais…)
Ler mais...

Se tem serviços em condomínio, chame um técnico

Com qualidade, segurança e emissão do TRT, profissionais técnicos habilitados podem executar legalmente a grande maioria dos serviços em condomínios residenciais e comerciais (mais…)
Ler mais...